terça-feira, 17 de novembro de 2015

Dia Mundial do Não Fumador


Tabaco vs Saúde

Informa-te sobre os malefícios  do tabaco "lendo" os textos,  imagens e vídeo aqui disponibilizados. Toma notas para responder  às perguntas que se seguem e, no final, escreve "uma carta aos fumadores", argumentando com as informações pesquisadas. A carta mais original  será publicada no Jornal da Escola e aqui.

Boa pesquisa!


1. Quais são as componentes do tabaco?

2. Quais são os efeitos do tabaco no corpo humano?
3. Quando a mãe fuma durante a gravidez o feto é afetado? Indica de que forma.

4. Depois do bebé nascer a mãe pode fumar? Justifica a tua resposta.

5. Qual é a estimativa relativamente ao número de mortes relacionadas com o tabaco para 2025?

6. Identifica algumas vantagens de deixar de fumar.

7. Custando um maço de tabaco cerca de 4 euros, quanto gasta, num ano, uma pessoa que fuma 1 maço por dia?
 
8- Onde podem os fumadores procurar ajuda para deixar de fumar?

 A- Imagens:
Algumas componentes do tabaco:


Imagem: http://1.bp.blogspot.com/_wlvzb_767uM/SDqmSa1TddI/AAAAAAAAADw/ZZyJhoz4NeY/s400/imagem+componentes.JPG




Imagem: https://tabagismo8b.files.wordpress.com/2011/05/componente1.jpg

B- Textos:

Consulta o texto publicado no site abaixo indicado:

 C- Vídeo

Vídeo sobre tabagismo feito pelo departamento de Telemedicina/USP:


      

 Conclusão:
Agora que já percebeste que o tabaco é prejudicial à saúde (e não só!), se já és fumador vê como podes deixar esse hábito.

Deixar de fumar pode ser difícil. Tratando-se de um hábito com dependência física e psíquica, os sintomas de privação do tabaco nem sempre se conseguem ultrapassar sem ajuda.

Conselhos úteis (Fonte:  Portal da Saúde)

Querer deixar de fumar e decidir fazê-lo são os passos mais importantes. Mas passar à prática exige esforço e auto-disciplina.

Algumas rotinas poderão facilitar a tarefa:
  • Fixar um dia para deixar de fumar. O estabelecimento de uma data ajuda a criar um sentimento de compromisso.
  • Anunciar aos outros a sua decisão. Envolver os que lhe são mais próximos garante-lhe apoio e solidariedade.
  • Identificar os seus hábitos tabágicos. Saber em que circunstâncias fuma habitualmente permite-lhe criar estratégias para contorná-las.
  • Elaborar uma lista de motivos para deixar de fumar e relê- la sempre que pensares em desistir.
  • Aprender a reagir à vontade de fumar. Os momentos em que sentires grande desejo de voltar a fumar duram apenas alguns minutos.
  • Fazer uma alimentação saudável. Se a tua preocupação é o ganho de peso associado ao abandono do tabaco, procura substituir as gorduras, o açúcar e os alimentos ricos em sal por saladas, frutas e legumes.
  • Tentar evitar a proximidade de fumadores, bem como os cigarros e todos os objetos relacionados com o hábito de fumar.
  • Praticar atividade física. Não só contribui para uma boa forma física, como ajuda a combater a ansiedade e as alterações de humor próprias dos ex-fumadores.
  • Com o dinheiro que poupares no tabaco, oferecer ati próprio uma prenda que desejas há muito tempo.
  • Se não conseguires à primeira, nada está perdido. A recaída faz parte do processo de mudança. Marca uma nova data e volta a tentar

Onde podes encontrar ajuda?
Consulta o teu médico de família. Ele poderá indicar-te medicamentos (alguns de venda livre), cuja utilização duplica o grau de sucesso de parar de fumar, recomendar-te apoio psicológico ou encaminhar-te para as consultas de cessação tabágica."

Fonte: Portal da Saúde


Podes ainda consultar o livro em destaque na tua biblioteca "O Método mais simples para deixar de fumar" de Allen Carr

Podes ainda procurar ajuda no teu Centro de Saúde.

Para saber mais, consulta:

Direção-Geral da Saúde - http://www.dgs.pt/